Receba Grátis nosso E-Book com todos os tratamentos

NOSSA HISTÓRIA

CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS

SIGA-NOS

O Hiperbolóide, Instrumento de Mastigação, é o resultado de mais de 35 anos de estudo, trabalho e dedicação da vida profissional do mestre Dr. Afrânio Pereira Cheida. Clique no link abaixo e saiba mais...

Além dos Hiperboloides temos uma linha variada de Produtos auxiliares no tratamento das patologias. Clique no link abaixo e conheça mais.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

© 2019 - Hiperboloide - Brasil

 

 

O bruxismo é considerado o mais prejudicial entre todas as atividades do sistema estomatognático, sendo um fator de risco para disfunções temporomandibulares (DTM) e dor miofascial.

 

Com o decorrer do apertamento e/ou ranger dos dentes, as consequências aparecem, como: destruição dentária, dano no periodonto, na articulação temporomandibular (ATM), nos músculos mastigatórios, ruptura de restauração dentária e sons de moagem que pode interferir com o sono da família ou parceiros de vida.

 

Sua etiologia é multifatorial, sendo que muitas teorias foram proposta com o passar dos anos a respeito dos fatores causais. No passado, fatores periféricos como discrepâncias oclusais e desvios em anatômicos foram considerados os principais fatores causadores de bruxismo. Hoje em dia o foco é mais central, os fatores psicossociais, como estresse, ansiedade e alterações de personalidade são frequentemente relacionados ao bruxismo.

 

 

 

Bruxismo e Briquismo

Bruxismo é uma atividade parafuncional que se caracteriza pelo ranger e apertar os dentes. É uma disfunção psicossomática multifatorial causada por conflitos psíquicos e agravada por más-oclusões (interferências – contatos prematuros), podendo ser também um reflexo condicionado: um apertar de dentes evoca o miotático que deflagra mais contração, mantendo-se o ciclo. 

 

Assim, o bruxismo é uma desordem motora oral, podendo ocorrer durante o sono ou durante o dia, e o indivíduo pode apertar o dentes e/ou ranger os dentes.

Figura 1 - Bruxismo

Figura 2 - Briquismo

O Hiperboloide como auxiliar na terapia do Bruxismo:

 

O Hiperboloide há algum tempo vem sendo empregado para o tratamento do bruxismo. Evidentemente que ele, por si só, não é resolutivo na terapia, todavia age como auxiliar precioso.

 

Sendo usado através de exercícios periódicos e prescrição específica, provoca a despolarização da energia residual acumulativa terminal da via bucal. Com essa descarga bioenergética reduz o estado de ansiedade, acalmando, relaxando o paciente. Assim, ao dormir, estará menos tenso e poderá haver redução de ranger dos dentes. No apertamento dos dentes, ele ainda é mais indicado, pois o briquismo é um hábito que acontece no período diurno, consciente, mas também pode acontecer em menor proporção no período noturno. Em vez de o paciente apertar os dentes, cuja força, segundo pesquisas, é maior que o da mastigação, provocando danos ao aparelho mastigatório, estaria substituindo o apertamento pelo uso do Hiperboloide, reduzindo os impulsos agressivos do briquismo. Destacamos também o uso do Hiperboloide no esporte, como instrumento de descarga emocional, produção de saliva (qualidade e quantidade), que não permite contato direto e nocivo, como os chicletes que reduz à medida que é mascado. O Hiperboloide fortalece as fibras periodontais atenuando descargas emocionais, o que sugere a terapia psicológica ou psiquiátrica.

 

As evidências sobre a eficácia no tratamento do Bruxismo e Briquismo vem sendo destacadas em vários estudos científicos publicados por diversos profissionais na área de Odontologia e Fisioterapia.

 

Alguns artigos científicos publicados em revistas especializadas podem ser baixados e consultados abaixo:

 

Artigos Científicos Publicados sobre a eficácia do Hiperboloide no tratamento das patologias Bruxismo e Briquismo:

Journal of Bodywork & Movement Therapies (2014)

CASE STUDY: CEREBRAL PALSY SLEEP BRUXISM

Effect of a Hyperbolide mastication apparatus for the treatment of severe sleep bruxism in a child with cerebral palsy: Long-term follow-up

Exercícios para Bruxismo com Hiperboloide

BRUXISMO NOTURNO

 

A hiperatividade neuromuscular instalada nos músculos elevadores da mandíbula no caso de bruxismo noturno com o ranger dos dentes pode ser desacelerada com exercícios periódicos executados com o Hiperbolóide (no tamanho M e G para adultos e P e PP para crianças).

EXERCICIO 1 : MASTIGAÇÃO BILATERAL ALTERNADA 

 

- Indicado para os que apresentam movimentos bruxistas (horizontais). 

 

Realizar a mastigação com o hiperboloide, passando por todos os dentes, com movimentos verticais e impactos adequados (moderados) com aumento progressivo da potência (Figura A) durante 5 minutos 4 vezes ao dia. Indicado para fortalecer o periodonto e nos portadores de má oclusão que exigem movimentos mais verticais.

Figura A

EXERCICIO 2 : MEDIANO PROTRUSIVO

 

- Indicados para bruxistas, portadores de distoclusão, fortalecendo a ação desoclusora e protusiva dos pterigóideos inferiores.

 

O Hiperbolóide é colocado na mediana, aperta-se o Hiperbolóide, desliza-o, avança a mandíbula bem devagar, retrocede e solta (é repetitivo). Esse exercício deve ser feito bem devagar, repetindo o movimento por 6 vezes, 4 vezes ao dia. Os movimentos devem ter a duração total de até 3 minutos (Figura B).

Figura B

EXERCÍCIO 3 : LATEROPROTRUSIVOS

 

– para Briquistas (apertamento, movimentos verticais prevalentes). 

 

Na mesma posição (mediana) aperta-se, o Hiperboloide e no sentido lateral movimenta-se a mandíbula deslocando o Hiperboloide da mediana, vai até onde dá e pára. Retrocede a mandíbula para a mediana e solta (repetitivo). Repete-se o movimento 5 vezes, lentamente, 4 vezes ao dia, tanto do lado direito como do esquerdo. Os movimentos devem ter a duração de até três minutos (Figura C).

Figura C

EXERCÍCIO 4 : SULCO GENIANO 

 

– Indicado tanto para bruxistas quanto para os briquistas, Promovendo ação de alongamento do cinturão orbicular labial, simultâneo ao trabalhar o bucinador e constritor da faringe.

 

O Hiperbolóide é colocado no sulco geniano (fundo de saco) na parte mediana, sofrendo contenção labial. Executando-se movimentos de contração sucção para cima, dirigindo o Hiperbolóide para a hemi-mandíbula direita com movimentos rápidos de sucção até o último molar. Retrocede-se para a mediana e executa-se o mesmo exercício para o lado esquerdo (repetitivo), totalizando um tempo de 3 minutos, 4 vezes ao dia (Figura D).

Figura D